segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Se Deus quer que eu seja feliz, POR QUE EU SOFRO?

INTRODUÇAO
  • Doença cronica, casamento dificil, a perda de um familiar. Deus não quer que eu seja feliz?
     Deus definitivamente quer que você seja feliz A LONGO PRAZO, e infinitamente e profundamente AGORA, dentro e através dessas circunstancias.

TEXTO: Romanos 8:31,32
    Uma vez que Deus pagou o preço da morte do Seu Filho por você, não é certo que Ele cuidará em prover tudo o que você precisa?
         Na era que há de vir, NÃO HAVERÁ doença, dor, choro, tristeza e nem pecado. NENHUM obstáculo para sua alegria em Jesus.
    Um NOVO NOME lhe será dado, uma coroa, comida da arvore da vida, Deus substituindo o sol e a lua, novos céus, nova terra, uma nova Cidade sem obstaculos para a perfeita abundancia da sua alegria em Deus.
  • SE e somente SE você está em Cristo, é para lá que você está indo. Essa é sua recompensa. UMA VIDA ETERNA DE ALEGRIA expressa em milhões de maneiras diferentes.

    O que é ser mais do que vencedor neste contexto? v.35-37
              * Um vencedor tem seus inimigos submissos debaixo de seus pés (angústia, fome nudez, perseguição). Mais do que vencedor, significa que estas coisas não estão apenas submissas, mas que me servem.
              * Minha dor, perda ou perseguição, cheia de dificuldade e lágrimas; são usadas para me servir. Deus opera todas elas para o meu bem.
              * Este bem que ele opera nelas e através delas é o fundamento da minha alegria. Nao são as circunstancias, ainda existem lagrimas (Jesus era um homem de dores e experimentado em trabalhos). Paulo , um homem que apanhou tanto e sofreu pelo evangelho tem a propriedade de dizer.“Regozijai-vos sempre no Senhor, outra vez digo, regozijai-vos”. Fp.4:4

            Hebreus 10:32-35Não precisavam se queixar ou temer a perseguição. Nada que o mundo podia oferecer ou tirar poderia se comparar a isso. A sua fundação estava bem estabelecida, e nela eles tinham uma recompensa infinitamente melhor.
           Hebreus 11:24-26 – Moises escolheu sofrer por contemplar sua recompensa.
           Hebreus 12:1-2 – O mesmo padrão. Jesus, pela alegria que lhe foi proposto, suportou a cruz. O coração foi acalmado e satisfeito por saber da alegria que estava por alcançar. Ninguem tira a vida de mim, eu mesmo a entrego”
            - Os cristãos primitivos abraçaram alegremente o sofrimento da libertação porque tinham um patrimonio superior e durável. Moises deixou os prazeres passageiros do Egito por contemplar o galardão. Jesus abraçou seu sofrimento pela sustentação da alegria que lhe estava proposta.
CONCLUSÃO

         SIM, Deus quer que você seja feliz, mas Ele não faz isso com circunstancias, Ele faz DENTRO E ATRAVES das circunstancias.
         Esse é um chamado à fé. Fé de que Deus é bom, nos ama e cuida de nós. Que Ele está usando todas essas coisas para nossa profunda alegria AGORA e para nossa perfeita felicidade que está na ERA POR VIR

terça-feira, 10 de setembro de 2013

A Convergência de 3 Telas


    CELULAR, TV, COMPUTADOR = Oração, Palavra, Relacionamento

INTRODUÇAO

Vivemos em um mundo dirigido por experiencias conectadas. Neste ambiente conectado, nos deparamos com 3 telas que interagem constantemente em nossa rotina diaria. A tela do Celular, da Televisão e do Computador.

“O tempo que eu gasto com as coisas, define onde estão minhas reais prioridades”. - Robson B. Silva

Medite: Quanto do meu tempo semanal cada uma dessas telas consome?

DESENVOLVIMENTO

1) CELULAR = Comunicação = * ORAÇAO

O que fazer pra não perder a esperança e não andar ansioso na tribulaçao? - Comunicaçao com Deus

Filipenses 4:6 - Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.

Pergunte aos membros da célula:   É importante se comunicar com Deus? Se é importante, deve se tornar uma prioridade?

* Quanto do meu tempo semanal eu me exponho a tela da Oração (comunicação com Deus)?


2) TV = Informaçao = * PALAVRA DE DEUS

Muita coisa mudou em nossos dias, mas por muito tempo a tela da televisao através de seus noticiários foi a maior fonte de disseminação de informação para a grande população.

Sabemos que a Palavra de Deus deve ser a nossa bússola de princípios morais e espirituais. Os princípios de vida de Deus não mudam com a moda ou mudança de cultura da humanidade, eles são eternos, por isso podemos ter a certeza de buscarmos hábitos que nos levam a ter uma vida verdadeira em uma fonte segura, que é a Palavra viva de Deus.

Ela nos auxilia em vários aspectos, mas vamos destacar hoje:

- Identificar o que desagrada a Deus: Salmo 119:11 - Guardei no coração a Tua palavra para não pecar contra Ti.

- Ter uma vida verdadeira: Lucas 4:4 - "Está escrito: 'Nem só de pão viverá o homem mas de toda a palavra de Deus"

- Viver em Paz : Salmo 119:165 - “Os que amam a tua lei desfrutam paz, e nada há que os faça tropeçar."

* Quanto do meu tempo semanal eu me exponho a tela da Palavra de Deus?

3) COMPUTADOR = Relacionamento = * INFLUENCIAR PESSOAS

O computador tem sido um forte instrumento de relacionamentos influenciadores entre as pessoas através dos blogs e redes sociais. A última ordem de Jesus foi para que fizessemos discipulos por onde fossemos, ou seja, que fossemos influenciadores. Mt.28:19

Na sua opinião, o que significa ser uma pessoa influente?

Influenciar não significa tornar as pessoas a sua volta iguais a você. Influenciar é fazer com que aqueles que estão a sua volta possam agir segundo os mesmos princípios que você.

Quando fazemos a coisa certa, mesmo em meio a um ambiente de coisas erradas, nossa vida serve de testemunho para que as pessoas enxerguem ao luz do SENHOR através das nossas atitudes.

Mateus 5:16 - “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus”

Pergunte aos membros da célula:

* Quanto você tem sido uma Tela de Influencia positiva às pessoas do teu círculo de convivência?


CONCLUSÃO

Quanto tempo do meu tempo semanal cada uma dessas telas consome?

“O tempo que eu gasto com as coisas, define onde estão minhas reais prioridades”.

De acordo com essa frase, medite: Onde estão tuas reais prioridades?

O que você pretende fazer a respeito?

Líder de Célula: Depois de orar a respeito, encoraje cada um a tomar a seguinte ação:
Decida nesta semana dedicar mais tempo a convergencia dessas 3 telas (Oração, Leitura da Palavra e Agregar Valor as Pessoas) e compartilhe sua experiencia na próxima semana.

AVISOS: Início da classe Nova Criatura dia 21/09 as 16:00hs. Confirmar os nomes dos participantes até dia 17/09.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Abra Meus Olhos

Texto: Salmo 119:18: "Desvendai meus olhos, para que eu contemple as maravilhas de vossa lei".


INTRODUÇÃO
Orar diante do trono de Deus e meditar na Palavra de Deus são como trilhos paralelos que capacitam o trem de nossas almas a permanecer na direção que leva à santidade e ao céu. Precisamos renovar nosso zelo por oração e meditação na Bíblia. Exemplo: durante a Semana de Oração que temos na igreja, fixamos nossa atenção nesses atos grandiosos e preciosos para reacender nossa paixão pela oração e pela Palavra.

Três fatos para aprender do Salmo 119:18
Esse versículo combina oração e a Palavra.
  • Há maravilhas na Palavra de Deus. Ler, conhecer e meditar a Palavra de Deus são fundamentais.
  • Ninguém pode ver essas maravilhas como são exatamente, sem a ajuda sobrenatural de Deus. Paulo nos descreveu desta forma em Efésios 4:18: "Têm o entendimento obscurecido. Estão alheios à vida de Deus pela ignorância em que estão, pelo endurecimento de seu coração".
  • Precisamos orar a Deus por iluminação quando lemos a Bíblia. Uma vez que somos incapazes, por nós mesmos, de vermos a beleza espiritual e a maravilha de Deus nos ensinos e eventos da Bíblia sem a graciosa iluminação de Deus, deveríamos pedir-lhe por isto: "Abri meus olhos".
   Se um doutor afirma: "Você está muito doente e poderá morrer por causa dessa enfermidade, mas se você tomar este remédio ficará bem e viverá" e você se descuida em tomar o remédio. Então, vêm as desculpas: você está muito atarefado, as pílulas são grandes e difíceis de serem ingeridas, você se esquece de as tomar e permanecerá doente e poderá morrer. Ler, meditar, memorizar e nutrir-se da Palavra é a direção designada por Deus para vencer o pecado e se tornar uma pessoa forte, piedosa, madura, amável e sábia.

CONCLUSÃO
Quão sincero o salmista é nesses tipos de orações? Uma resposta é dada no Salmo 119:147: "Antecipo-me ao alvorecer do dia e clamo; nas vossas palavras, espero confiante". Ele acorda cedo! ORAR a PALAVRA é prioridade.

        Encorajar a todos a se engajarem no plano de leitura

3 maneiras para orarmos antes de nossa leitura bíblica
1. Que Deus nos ensine sua Palavra. Salmo 119;12b: "Ensina-me vossos estatutos"

2. Que Deus incline nossos corações para a Palavra, Salmo 119:36: "Inclinai-me o coração aos vossos testemunhos e não à [cobiça]". O grande problema não é primariamente nossa razão, mas nossa vontade — não temos inclinação por natureza para ler, meditar e memorizar a Palavra. Assim, precisamos orar a Deus para inclinar nossas vontades.

3. Que Deus firme nossos passos na Palavra. Salmo 119:133: "Firmai meus passos na vossa Palavra". Somos dependentes do Senhor não apenas para compreensão e vida, mas para o desempenho na Palavra. Que ele firme essa Palavra em nossas vidas. Não podemos fazer isso com nossas próprias forças.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

5 SEMANAS NA PALAVRA - Uma Proposta

 Iniciamos esta semana na AV Curitiba uma série chamada 5 Semanas na Palavra, onde nos aprofundaremos em saber um pouco mais da importância de Conhecer e Praticar mais a Palavra de Deus em nossas vidas, buscando encorajar o hábito da leitura e meditaçao diária da Palavra como nos orienta o salmista (Sl.1:1,2)
          Quando a vida fica atarefada, às vezes é difícil manter tudo organizado. Mas quando tiramos um tempo para a Palavra de Deus, Ele tem uma maneira de colocar toda essa atividade em perspectiva.
           Estamos convencidos de que Deus fala conosco quando lemos Sua Palavra, por isso acreditamos que é importante ajudar uns aos outros a adquirimos esse hábito que pode mudar a historia de nossas vidas. Para isso encorajamos todos a se juntarem a nós neste breve plano de leitura de 5 semanas, iniciando pelas cartas de Paulo e finalizando com a leitura do evangelho de João.
           Gostariamos que você prosseguisse nesta jornada de leitura diária. Na média de 5 capitulos por dia, você conseguirá ir além do plano proposto e terminar o que resta do Novo Testamento em apenas mais 3 semanas. Abaixo estão algumas dicas de que maneira você pode mergulhar nesta jornada transformadora.

Qual a proposta de 5 SEMANAS NA PALAVRA?

  • Mensagens aos domingos
  • Pequenos Grupos durante a semana
  • Leitura da Bíblia diária.
O objetivo é que no final dessas 5 semanas você:
- Ame MAIS a Palavra de Deus, Aprenda MAIS da Palavra de Deus e Viva a Palavra de Deus como nunca antes.

4 ELEMENTOS ESSENCIAIS PARA UM BOM TEMPO COM DEUS

1) ATITUDE APROPRIADA
* Espectativa * Reverencia * Atenção * Disposição para Obedecer

2) ESCOLHA UM TEMPO ESPECIFICO
  • Quando e quanto tempo. A melhor hora é quando você está mais disposto. (Marcos 1:35)
  • Começe com 7 minutos e vá aumentando. (Qualidade e não quantidade)

3) ESCOLHA UM LUGAR APROPRIADO
- Um lugar onde você tenha privacidade ou não seja interrompido.

4) SIGA UM PLANO SIMPLES
  • Breve oração,
  • Leitura lenta em voz audível,
  • Leitura sistemática (um livro ou carta de cada vez)
  • Oração

SUGESTÃO PLANO LEITURA

SEMANA 1
Dias 1 e 2 – Gálatas (3cap/dia)
Dias 3 e 4 – Efésios (3cap/dia)
Dia 5 – Filipenses (4caps)
Dia 6 – Colossenses (4caps)
Dia 7 – I Tessalonicenses (5caps)

SEMANA 2
Dia 8 – II Tessalonicenses (3caps)
Dia 9 e10 – I Timoteo (3cap/dia)
Dia 11 – II Timoteo (4caps)
Dia 12 – Tito e Filemon
Dia 13 a 15 – Hebreus (4cap/dia)

SEMANA 3
Dia 16 – Tiago (5caps)
Dia 17 – I Pedro (5caps)
Dia 18 – II Pedro (3caps)
Dia 19 – I Joao (5caps)
Dia 20 – II, III Joao e Judas

SEMANA 4
Dia 21 a 24 – Romanos (4cap/dia)
Dia 25 a 28 – I Corintios (4cap/dia)

SEMANA 5
Dia 29 a 31 – II Corintios (4cap/dia)
Dia 32 a 35 – Evangelho João (5cap/dia)

Obs: Mais 3 semanas 5 cap/dia, é possível ler o N.T. (Evangelhos, Atos, Apocalipse)



A ALEGRIA DA PALAVRA DE DEUS

TEXTO: Hebreus 4:12

INTRODUÇAO

         Preservar nossa alegria em Deus exige esforço. O diabo, anda em derredor como um leão querendo destruir a alegria da fé.
* Temos uma arma: a espada do Espírito, a Palavra de Deus (Ef 6:17).
* Não podemos puxar a espada da bainha de outra pessoa.
* A Palavra precisa habitar em nós.

Salmo 119:97 "Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia!"
Se você sair sem o combustível, o fogo da felicidade cristã será apagado antes da metade da manhã.
          A Palavra de Deus não foi escrita só para informá-lo mas para transformá-lo.
          A Bíblia tem que ser a sua Bússola (referencia pra tudo)
         As promessas da Palavra só se cumprem em nós quando fazemos dela nosso ponto de referencia para escolhas e decisões.
- Tiago 1:22,25 - Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos. Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer.
         A Palavra de Deus é uma questão de vida e morte. Se você trata a Bíblia como uma coisa vã, está desperdiçando vida.

Pergunte aos membros da Célula:
  • Baseado no texto de Tiago 1:22-25, o quanto da Palavra de Deus você conhece e o quanto dela você tem realmente praticado?
  • No caso da resposta ser pouco ou muito pouco, que atitude você pretende tomar a esse respeito?
OBJETIVO: É ajudá-lo a usar a espada do espírito (a Palavra de Deus), para preservar sua alegria em Deus.
Expor a proposta de 5 Semanas na Palavra que consta em outra postagem do blog.

CONCLUSÃO
     
     Temos que amarrar essa espada em nossa cintura.
      Ter uma prática para renovar nossa meditação diária na Palavra. (Leitura)
     Oferecer O Desafio Plano de Leitura da postagem seguinte.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

DESPERTA!!

Texto: Lucas 18:1-8

INTRODUÇÃO
Diante das lutas tão grandes que temos enfrentado, não podemos ficar calados: Temos que confessar a Palavra!
Tentar nos fazer parar no meio do processo é a mais usual estratégia do reino das trevas, lançando sutilmente sementes de incredulidade sobre nós.

DESENVOLVIMENTO
          Existe uma BATALHA ESPIRITUAL sendo travada neste exato instante por nossas vidas. O quanto antes nos dermos conta de que isso é real e interfere a todo instante em nosso dia a dia; mais rápido poderemos identificar a origem verdadeira das dificuldades que enfrentamos e contra-atacar adequadamente.

- Efésios 6:11-12 - Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

          Quando surgem dificuldades e tribulações, AO INVÉS DE ME DEPRIMIR, DEVO ME LEVANTAR E BUSCAR OUSADIA NO ESPÍRITO que me impulsione a profetizar, cantar e interceder.
          Nada conseguiremos sem verdadeira intercessão. Não pode haver progresso na vida do cristão sem oração.
          Como podemos agir no mundo espiritual se não for pelo poder da oração? A oração é a ferramenta que Deus deu ao homem para atuar no espiritual.

Mateus 18:1 9-20 - "Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra, acerca de qualquer coisa que pedirem isso lhes será feito por meu Pai, que está nos Céus. Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu Nome, aí estou Eu no meio deles".

            A Bíblia registra pelo menos 42 orações de Jesus, mas podemos perceber ao ler a palavra que Ele orava em todo o tempo por vários motivos: Lucas 6:12 (Pedindo orientações em escolhas importantes); Lucas 4 (Para ser guiado pelo Espírito Santo); Mateus 15:36 (agradecendo os alimentos) e muitas outras passagens.
            Jesus orava todo o tempo!

COMO ORAR ?- Principios a serem observados

1) Temos de permanecer em Cristo. João 15:7 - Se vós estiverdes em Mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.
Permanecer em Cristo é guardar os Seus mandamentos, fazer a Sua vontade e obedecer à Sua Palavra.

2) Nossas orações devem estar em harmonia com a Sua vontade.
1 João 5:14 - E esta é a confiança que temos n'Ele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a Sua vontade, Ele nos ouve.
Desde que o plano da vontade de Deus se encontre na Bíblia. os nossos pedidos devem ser feitos segundo as Escrituras, e na linguagem da Bíblia.

3) Os motivos devem ser corretos. Tiago 4:3 - Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.
Se os nossos pedidos forem egoístas e pecaminosos, não podemos esperar ser ouvidos.

4) A oração deve vir acompanhada da fé. Mateus 21:22 - E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o receberei.
A Palavra nos alerta que sem fé é impossível agradar a Deus.

CONCLUSÃO
            A resposta de Deus nem sempre corresponde às nossas petições. O Senhor reserva-se o direito de nos dar alguma coisa melhor do que aquilo que Lhe pedimos. Devemos orar em todo o tempo. Encerrar lendo Filipenses 4:6.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Vencendo os inimigos da comunhão na família


TEXTO: I TIMÓTEO 5:8 - “Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel”

 COLOQUE EM DISCUSSÃO:
1. O que você acha da comunhão? 
(É necessária? É importante? Qual a diferença dela ou de sua ausência na sua vida? O que bíblia diz sobre ela? O que Deus acha? Qual a história da comunhão na sua família? Como está a comunhão na sua família hoje?) 
Algumas respostas:
• Comunhão é fundamental, fomos criados para nos relacionar, precisamos uns dos outros;
• Deus criou o homem não para estar sozinho, mas para ter comunhão com ele;
• Na comunhão em Deus há muita riqueza e sabedoria, nela podemos crescer;

2. Quais os inimigos que tem se levantado contra a comunhão na sua família? 
Algumas respostas:
• Trabalho excessivo e não priorização da família, dando presente ao invés de presença;
• Má comunicação, falta de conhecimento, falta de sabedoria, falta de andar no Espirito;
• Mau uso da televisão, internet, jornais, meios eletrônicos;
• Problemas de relacionamento advindos da falta de relacionamento com Deus;

3. Como podemos vencer os inimigos da comunhão na família? 
Respostas pessoais:
• Tendo comunhão profunda com Deus e deixar-nos trabalhar por Ele, sermos mais sensíveis;
• Administrar melhor o tempo, deixar TV e internet para optar pelo tempo com a família;
• Realizar um culto doméstico semanal com a família, orar e interceder juntos;
• Servir uns aos outros na família, realizar atividades juntos, conquistar uns aos outros;
• Se encher de Deus, deixar-se transformar em humildade e servir a família em amor;

Leitura Compartilhada
Comunhão com Deus – Salmos 42:8, Êxodo 33:11a
Comunhão com o Próximo – Salmos 133:1,3b, Romanos 15:7 
Família: Hebreus 11:7, I Coríntios 1:16, Mateus 24:43

4. O que você pode começar a fazer para melhorar a comunhão com sua família? 
Algumas respostas:
• Melhor significativamente o tempo sozinho com Deus e Sua Palavra, ter comunhão com Ele;
• Praticar as cinco linguagens do amor, buscar abraçar, elogiar, ouvir , servir...;

 Ministração e Oração: Ministrar com comentário, louvor e oração sobre o tema

terça-feira, 30 de abril de 2013

Acreditando em quem Deus acredita


Texto: 2 Timóteo 2:2 - O evangelho é transmitido de uma geração para outra
E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.


INTRODUÇÃO
         Na época de Jesus, para escolher um discípulo, o rabino selecionava apenas os melhores dos melhores. Os primeiros discipulos não estavam entre os melhores dos melhores.
         De repente surge um novo Rabino, Jesus Cristo, e revoluciona todo o conceito de discipulado. Após o milagre da grande pescaria, Jesus disse para eles: “venham e sigam-me!” Com eles Jesus revolucionou o mundo!
         O discipulado é a estratégia que mostra a confiança que Deus deposita em Seus filhos. O sonho de um discipulo era ouvir as palavras de aceitação plena: “venha e siga-me!”. Voce pode crer em Deus, mas Deus também crê em você!

Pergunte aos membros da célula:
         Você acha que está entre os melhores dos melhores para que Deus te escolha?
        Em João 15:16, Jesus disse que Ele nos escolheu. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto...”


DESENVOLVIMENTO
Há um chamado de Deus para cada cristão, precisamos aprender este princípio.
      A frase que soou por toda a eternidade foi essa: Ide, portanto, e fazei discípulos de todas as nações (Mateus 28.19).
      Ser talmid deixava de ser um privilégio exclusivo de poucos, mas tornava-se uma tarefa possível para todos os filhos de Deus, todos os seguidores de Jesus.
      O Apóstolo Paulo potencializou a vida e ministério do jovem Timóteo ao acompanhá-lo e instruí-lo tanto pessoalmente quanto a distancia (cartas I e II Timoteo).
      Na visão tanto de Jesus como de Paulo, discipular é multiplicar a si mesmo!
      O trabalho deles como discipuladores não era ter um grupo de estudo e passar informações. Era, sobretudo, uma formação espiritual, onde os discípulos eram equipados e, a partir deles, a vida de Deus fluía para outras pessoas.
Efesios 4:12 - “Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;”


CONCLUSÃO

Discipular é, em essência, influenciar pessoas e impactar vidas!
O verdadeiro discipulado é informal, prático e enfoca mais o coração.
          Dê a oportunidade para alguns testemunharem o quanto eles cresceram ou aprenderam neste mês em que estamos enfatizando o princípio do discipulado de Jesus. Ore com eles para que possam ser “enviados” assim como Barnabé e Saulo em Atos 13:2,3 e assim cumprirem seu verdadeiro propósito de vida.
         Lembre o ciclo do crescimento e a importância de não apenas aprendermos coisas, a prática da Palavra é o que a torna real em nossas vidas.
         Encerrar lendo Tiago 1:22-25.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Desafie aqueles que você influencia

Texto: Mateus 28:19, Lucas 14:26,27

INTRODUÇÃO

       Existem pessoas que não acreditam em si mesmas. Elas passaram por tantos revezes que desistiram de correr, de lutar, e abriram mão de sonhos e alvos. Mesmo quando outras pessoas acreditam nelas, elogiam-nas e expressam sua apreciação, ainda assim elas continuam com a auto-estima baixa e comprometida pelas experiências negativas do passado.

       Quando você começa a ter revelação do quanto Deus o ama e acredita em você, aí você realmente vai alcançar o seu pleno potencial Nele.

DESENVOLVIMENTO

Jesus desafia seus seguidores

       Jesus sabe que cada um de nós precisa de um tipo diferente de desafio para nos movermos de lugar e cumprirmos Seus planos em nossas vidas.

       Pergunte: Alguem aqui já se sentiu desafiado por Deus em algum momento da vida? Recebeu uma oportunidade de servir a Deus e teve de superar a vergonha ou sentimento de incapacidade?

      Reflexão: Em muitas situaçoes, necessitamos ser desafiados para que possamos efetivamente tomar uma atitude em relaçao a alguma area de nossas vidas,


       Jesus vai desafiar suas prioridades. Jesus pede para definir a agenda de nossas vidas. Ele vai nos pedir para desistir de muitas coisas para que possamos alinhar as nossas prioridades com as dele. Por exemplo, Jesus desafiou o jovem rico a desistir de sua riqueza material por algo melhor - a vida eterna. A questão não era a riqueza do jovem, era que o jovem não tinha Jesus como sua prioridade número 1.


       Jesus vai desafiar a sua fé. Jesus pede-lhe para fazer o impossível. Quando Jesus enviou os apóstolos, ele disse: E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios... Mateus 10:7-8 É preciso fazer o que Jesus nos diz para fazer.


          Jesus vai desafiar nosso pequeno pensamento. Jesus faz isso, dando-nos uma visão mais ampla - como a Grande Comissão (Mt.28:19). Quando Jesus deu a Grande Comissão, era fisicamente impossível para ser concluído, mas ele usou para expandir a visão de seus discípulos para que pudessem começar a plantar igrejas em todo o mundo conhecido.

         Pergunte: Quais são as maneiras que você pode desafiar as pessoas a crescer mais no seu relacionamento com Jesus?

         Desafie aqueles que você exerce influencia para fazerem algo que eles pensam que está além da sua capacidade ou limitação no reino de Deus. Ao ajudar aqueles em seu circulo de relacionamento a dar um passo de fé, você vai encontrar a sua própria fé

        Todos nós precisamos ser luz e testemunho em todo e qualquer lugar em que estivermos. Há um chamado de Deus para cada cristão, e precisamos compreender este princípio, sendo capazes de aplicá-lo às nossas vidas e daqueles que nos cercam.

CONCLUSÃO

       Na visão tanto de Jesus como de Paulo, discipular é multiplicar a si mesmo! O trabalho deles como discipuladores era muito mais do que ter um grupo de estudo e passar informações. Era, sobretudo, uma formação espiritual, onde os discípulos eram equipados e, a partir deles, a vida de Deus fluía para outras pessoas.

       É na caminhada do discipulado que entendemos que o negócio não é só plantar! É necessário regar e cultivar, para render frutos.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Semelhanças e Diferenças – Serie Discipulado



TEXTO: João 5:1-9 e Marcos 2:1-6



INTRODUÇÃO
        A palavra de domingo trouxe as diferenças e semelhanças vividas pelos dois paralíticos e ao mesmo tempo traçou um paralelo com os dias de hoje, onde o paralitico de Betesda está no mundo, sozinho, implorando por ajuda, enquanto que o paralítico de Cafarnaum está na igreja, cercado por amigos que estão dispostos a caminhar  por ele nos momentos difíceis.

Quebra Gelo:
      - Peça para algumas pessoas citarem algumas caracteristicas de um verdadeiro amigo:
      - Temos o costume de chamar muitas pessoas de amigos.Quantos dos seus chamados amigos já estiveram com você em um momento de extrema dificuldade?

Pergunte aos membros da célula:
1) Conforme vimos na mensagem de domingo, você está em Cafarnaum (envolto pela cobertura de uma igreja local) ou em Betesda (largado num mundo de religiosidade, lutando pela sobrevivencia por suas proprias forças)?
2) Voce já passou por situaçoes onde se sentiu como um paralítico, sem condições para se levantar por suas próprias forças?
      Um homem sem amigos é como uma rosa sem perfume, pode até ter atratividade, mas falta a essência. Em Provérbios 18:24 diz que um homem que tem muitos amigos pode se alegrar. 
3) Existe alguém que você pode trazer aos pés de Jesus, mesmo que tenha de trazê-lo por “cima do telhado”?


CONCLUSÃO
       
       Peça para que cada um neste momento se veja no papel de um daqueles amigos do paralitico de Cafarnaum, que carrega as pessoas até Cristo, mas convide-os a ir além, e levar especialmente aqueles que estão em Betesda (no mundo).

João 15:15 - Jesus diz: “ Já não vos chamareis servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, más tenho-vos chamado Amigos, porque tudo quanto ouvi do meu Pai vos tenho feito conhecer.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

A diferença entre o Fã e o Discipulo


Texto: Lucas 14:26,27,33 - Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo. Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.

QUEBRA-GELO:
De quem ou do que você é fã? Você acha que você é um fã incondicional?

INTRODUÇÃO
é uma pessoa dedicada a expressar sua admiração por uma pessoa, esporte ou objeto.
Discípulo - É o que recebe disciplina ou instrução de outro; pessoa que segue as ideias ou imita os exemplos de outro.

COLOQUE EM DISCUSSÃO:
Reflexão:
  • Não podemos ser discípulos só quando temos problemas. Jesus, prefere uma multidão menor, mas de gente comprometida.
  • É preciso amar e abrir mão do próprio orgulho. Jesus por mim, eu por alguém. Mateus 28:19,20
  • Quantos realmente são discípulos?
    O fã compra camisetas, cola adesivos, compra CD's, mas não é servo.
  • Fãs de times de futebol dão as costas quando os resultados não são positivos. Os fãs de Jesus consomem os “bens do cristianismo”, mas não são servos dele. Na hora do “teste”, abandonam a fé.
3 Características do verdadeiro discípulo

1) v.26 Jesus não negocia o primeiro lugar. Não podemos amar Jesus menos do que ninguém.
Os fãs são admiradores, mas não são obedientes. O Senhor está a procura de discípulos obedientes.
2) v.27Carregar a cruz é aguentar as lutas e pressões da vida sem negociar os ensinamentos de Jesus.
3) v.33Renúncia está ligado diretamente a Obediência.
Para Jesus, você não é maior pelo que conquista e sim pelo que renuncia.

CONCLUSÃO
O verdadeiro discípulo Ama a Jesus, Carrega a sua cruz, Renuncia a tudo o que tem e segue a Jesus.
Como está o seu amor por Jesus hoje? 

terça-feira, 2 de abril de 2013

DISCIPULADO: Instrumento de Deus para nossa Cura e Proteção


QUEBRA-GELO:
Quem foi seu primeiro professor (a)? E qual a importância dele (a) para sua vida?

TEXTO: MATEUS 28:19-20
“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações... ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.”

COLOQUE EM DISCUSSÃO:
           Reflexão: Jesus o Discipulador- Jesus Cristo foi o maior líder e discipulador que esteve na terra. Ele foi mestre, amigo, pai espiritual, curou as feridas espirituais dos seus discípulos, lhes deu proteção, mas acima de tudo, foi “o canal de transferência da vida de Deus para os seus discípulos".
           Com apenas 12 homens, Ele revolucionou e transformou a história do cristianismo. Eu e você somos o produto final da revolução do discipulado.
O DISCIPULO devotaria TODA SUA VIDA e estudaria a DOUTRINA DO SEU RABINO (Jugo) (Mt.11:29,30) e procuraria SABER o que ele sabia, FAZER o que ele fazia e SER como ele era.

DITADO: “Que você fique coberto pela poeira do seu rabino”.
  • Mt.4:18-22 - Jesus chama os primeiros discípulos. Eles não estavam entre os melhores dos melhores. Eles imediatamente deixaram suas redes.
“Vem e segue-me! O que ele está dizendo? Ele diz: “Você pode fazer o que eu faço, você pode ser como eu.”

1. O que é o discipulado? Algumas respostas:
É o canal de transferência da vida de Deus para o discípulo. Os discípulos são de Jesus, o discipulador é apenas o canal que o próprio Jesus usa para abençoar a vida do discípulo;
Vínculos sólidos e entranháveis entre duas pessoas – discipulador e discípulo.
2. O que é ser um discipulador?
É ser o canal de transferência da vida de Deus (tanto no contexto espiritual como físico) para a sua vida e família. É aquela pessoa que investirá tempo em sua vida, caminhando contigo e ajudando-o a entender as dificuldades do dia a dia no contexto da verdade de Deus expressa em Sua Palavra.
3. NÃO é teologia Neo-Testamentária “governar e dominar” o discípulo!
Em sua Opinião, o que leva muitos líderes a agirem assim? Algumas respostas:
Falta de revelação que os discípulos são acima de tudo de Jesus;
Por não compreenderem (1 Pedro 5:3) “não ajam como dominadores dos que vos foram confiados, mas como exemplos para o rebanho .”
Ausência de uma espiritualidade genuína.
4. Comente com a célula o efeito positivo do discipulado na sua vida?
Respostas pessoais variadas:

CONCLUSÃO
Tome o Jugo de Jesus, e ao final do dia, esteja coberto pela poeira do seu rabino Jesus! Você está entre os melhores dos melhores, Ele te chama para ser Seu discípulo.
VEM E SIGA-O!

Ministração: Música e oração


segunda-feira, 25 de março de 2013

Nascidos para fazer a diferença


Texto: Mateus 5:13-16
- Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.
"Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus" 

Introdução:
 Vivemos em um mundo em que ser diferente é sinônimo de ser estranho, as pessoas procuram padrões para imitarem e tudo que não encaixa nesse “padrão” está fora de moda.
      Não haveria problema nenhum em ter um padrão, desde que fosse um padrão que escolhesse princípios de vida baseados na Palavra de Deus, mas não vemos isso no mundo de hoje, cada dia mais as pessoas procuram se distanciar daquilo que Deus planejou para elas e todos que procuram viver esses princípios são discriminados.
      Então o que devemos fazer? Ir a favor da correnteza do mundo ou nadar contra a maré?
     Acho que o grande segredo para essa escolha não é o que devemos fazer e sim o que somos, se estamos no mundo, fazemos o que o mundo dita, mas se somos de Deus, andamos segundo Seus princípios.

Vejamos alguns pontos para andarmos nessa terra como Deus deseja:

  • Somos Sal e Luz: Temos que entender que fomos chamados para sermos diferentes, então as pessoas olharão e nos acharão estranhos e muitas vezes não nos aceitarão, mas temos que continuar convictos daquilo que somos e nunca nos conformarmos com os padrões do mundo. Romanos. 12:2
  • Temos que fazer a Diferença: Quando comemos uma lasanha ou uma pizza, normalmente não pensamos no sal, quando alguém pergunta qual o ingrediente da comida provavelmente as pessoas dirão o sal por último, mas tente esquecer o sal da comida, você pode ter certeza que todos perceberão. Pensamos que quando damos nosso parecer em várias situações seremos discriminados, mas na verdade temos a chance de colocar sabor na vida das pessoas.
  • Temos o poder de abrir os olhos das pessoas: Como Luz podemos fazer a diferença na vida das pessoas, e fazer elas enxergarem um novo mundo onde a tristeza não tem mais domínio, onde há liberdade e onde conhecemos quem verdadeiramente somos. Mas, para isso, precisamos deixar a luz de Deus brilhar através de nossas palavras e atitudes diariamente.


Conclusão:
     Não podemos nos esconder: O sal foi feito para dar gosto, por isso temos que fazer a diferença nesse mundo dando gosto as coisas, a luz foi feita para brilhar, não podemos nos esconder, Deus nos chamou para fazermos a diferença em todo tempo, sendo seus imitadores. Romanos 1:5,6


Palavra: Pr. Juliano/Robson